TEMPOS DE RESILIÊNCIA

Na ansiedade de entender o que o futuro nos reserva, muitos consideram que todo o passado e os milhares de anos de história humana não são mais úteis. Mas olhar para o retrovisor nos ajuda também a entender como a nossa própria natureza pode explicar o jeito como pensamos, agimos, nos arriscamos e inovamos.


Resiliência é a capacidade que o ser humano tem de se adaptar e crescer após situações de crises ou adversidades.


Para falarmos de resiliência, primeiro vamos voltar ao início dos tempos. Onde aconteceu a evolução da humanidade, do macaco para o homo sapiens. O macaco foi resiliente? Pois é, muitas espécies do mesmo gênero, que viveram a milhares de anos atrás, tiveram que se adaptar as eras em que viveram. Alguns sobreviveram e outros não.


Você vê alguma relação com o tempo atual? Falaremos sobre isso mais para frente.


A humanidade surgiu na África e começou a se dispersar por diversos lugares. Na Eurásia, por exemplo, durante a Era do Gelo, a humanidade precisou ser mais forte e mais durável do que seus irmãos e irmãs que viviam em outros lugares. Isso gerou a evolução dos indivíduos. O Homo erectus, por exemplo, evoluiu por ser muito resiliente. Conseguiu sobreviver por 2 milhões de anos. UM RECORDE.


Entretanto, a espécie que mais se destacou foi o Homo sapiens, nossos antepassados. Essa raça vem prosperando diante dos tempos, se adaptando, evoluindo, se modificando e se multiplicando até os dias atuais.


Desde então, nós, os SERES PENSANTES, temos passado por diversas provações; momentos históricos de grande dificuldade que não só provaram a força enraizada que temos em nossa genética, como a capacidade de se reinventar e se unir em momentos de crise.


Situações como a 1ª e 2ª Guerras Mundiais, Peste Negra, Gripe Espanhola, Epidemia de Varíola, Fome, Bombas Atômicas, Tsunamis, Terremotos, Terrorismo, Crises Econômicas, entre outros acontecimentos recentes, provaram que a humanidade é forte, adaptável e unida.


O momento que estamos passando, além de exigir um grande compromisso social, pede também uma maior resiliência.


Mas todos somos resilientes? NA MINHA OPINIÃO SIM! A diferença é que uns estão mais preparados do que outros.

O ser humano, por natureza, é extremamente resiliente desde o momento em que sai do ventre materno. Imagina a dificuldade que deve ser para um recém-nascido, sair daquele lugar confortável, escuro e quentinho que é a barriga da mãe, para viver em um lugar cheio de luz, barulho e comida escassa (afinal, dentro da barriga da mãe o recém-nascido não precisa chorar pra comer). Então, com meses de existência você já está exercendo a força de se adaptar a uma situação de vida completamente diferente, sendo assim, pergunto:


Com tantos anos de idade, você, ainda não aprendeu a se adaptar a uma situação de vida diferente? O que pode ser feito diante do momento em que estamos vivenciando atualmente?

Não sou médico nem psicólogo, mas, sei que nosso cérebro sempre vai buscar a zona de conforto. Talvez seja aquela lembrança do ventre materno, porém, agora que já saímos, temos que aceitar que não dá para voltar. Confesso que, muitas vezes passo por situações em que da vontade de voltar rs., mundo louco! Mas essa não é mais uma opção para mim ou para você. Estamos aqui. Temos que evoluir e criar o nosso legado!


Traçando um paralelo com o mundo corporativo, pode-se dizer que, hoje, o empreendedor com mais chances de evoluir, é aquele que consegue absorver as tendências, aquele que enxerga o horizonte e aproveita as ferramentas tecnológicas disponíveis.


Os empreendedores são feitos da mesma matéria de que foi formada a humanidade. Está dentro de nós essa capacidade de enxergar mais adiante, se adaptar, usar nossa mente para encontrar novas soluções, criar laços e se manter inquieto, sempre se perguntando — o que ainda podemos fazer de melhor?


Mas o que posso fazer para evoluir? Para desenvolver a minha resiliência?

Pois é, já adianto que não será fácil. Portanto, caso não esteja motivado para crescer como pessoa, antes de crescer como profissional, já pode parar de ler este artigo; abra uma cerveja, e sente no sofá para assistir algum programa de TV.


O PRIMEIRO PASSO PARA SUA EVOLUÇÃO PESSOAL É SAIR DA ZONA DE CONFORTO!!!


Vivemos em um momento de calamidade onde estamos deixando de sair de casa, praticar esportes, correr no parque, para proteger nossas vidas e de nossos entes queridos. Tenho plena consciência disso e tenho respeitado fielmente essa proposta, portanto, não me julguem pelas próximas palavras.


O momento é COMPLETAMENTE FAVORÁVEL, para seu desenvolvimento pessoal e profissional. Temos acesso a uma infinidade de canais para nos transformarmos, nos capacitarmos, evoluirmos... Usando a referência de um grande empresário @flavioaugusto, exemplo para mim e muitos brasileiros, enxergo os dias de hoje como um PONTO DE INFLEXÃO DIFERENTE. Geralmente, os Pontos de Inflexões são pessoais, cada um tem os seus. São momentos da vida em que escolhemos ir para o Ponto A ou para o Ponto B, e, consequentemente, sofremos as consequências das nossas escolhas.


O PONTO DE INFLEXÃO atual é igual para todo mundo. O COVID19 mudou as nossas vidas, seja você, funcionário de carteira assinada, empresário, investidor, autônomo, etc. Cabe a cada um escolher o que será feito de suas vidas neste período.


Quem é você nesta Crise?
O cara submisso que aceita o momento como uma pausa em sua vida, ou o cara que está indo pra cima, buscando se aperfeiçoar e desenvolver suas estratégias?

Pois é, voltamos a zona de conforto novamente. Quer ficar aqui e sofrer as consequências?

Chegou a hora de sermos mais resilientes. Esqueça a crise. Esqueça os problemas. Desenvolva, principalmente, o seu lado emocional.


Hoje é o dia de acordar cedo, agradecer pela oportunidade de estar vivo e fazer valer essa sua vida que é o bem mais precioso que alguém pode ter. Sua vida é um milagre! Faça valer a pena!


Hoje é o momento da virada. O momento em que os grandes empresários e os pequenos empresários são iguais. Aproveite para rever seu Business Plan. Rever suas estratégias. Seus custos. Suas atitudes perdulárias.


Hoje é o momento de desenvolver seus pilares. Família, Saúde, Espiritualidade, Trabalho, Amor. Quais são seus pilares? Você já pensou nisso?


Aproveite o momento para se capacitar. Hoje em dia é muito fácil ter acesso a informação. Inove em seus negócios. A tecnologia está ao alcance de todos.


O que pode ser feito para minimizarmos nossas perdas?

Na ansiedade de entender o que o futuro nos reserva, muitos consideram que todo o passado e os milhares de anos de história humana não são mais úteis, e não fazem mais sentido diante das transformações atuais. Mas, olhar para o retrovisor nos ajuda também a entender como a nossa própria natureza pode explicar o jeito como pensamos, agimos, nos arriscamos e inovamos.


Tenha um propósito! Não seja uma vítima!


Diego Ignácio – Co Founder and Partner at IN Group (Conheça a IN)

0 visualização

© 2020 Desenvolvido por IN Group

  • Branca ícone do YouTube
  • Branca Ícone Instagram
  • Branco Facebook Ícone
  • Branco Twitter Ícone
  • Branca Ícone LinkedIn